Súmula n. 51

Arquivos neste item:

Título: Súmula n. 51
Autor: Brasil. Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (TRT)
Data de publicação: 2016-02-29
2016-03-01
2016-03-02
Data de disponibilização: 2016-02-26
2016-02-29
2016-03-01
Assunto: Licença-prêmio, empregado público celetista, restrição, servidor público, direito
Resumo: EMPREGADO PÚBLICO DO HOSPITAL MUNICIPAL ODILON BEHRENS. FÉRIAS-PRÊMIO INDEVIDAS. O direito a férias-prêmio, previsto no inciso III do art. 56 da Lei Orgânica do Município de Belo Horizonte, de 21 de março de 1990, não é extensivo a empregado público do Hospital Municipal Odilon Behrens, porque se trata de benefício restrito a servidor público estatutário, detentor de cargo público."
Vide: Resolução Administrativa TRT3/SETPOE 5/2016, que EDITOU este verbete.
Fonte: DEJT/TRT3/Cad. Jud. 26/02/2016, n. 1.926, p. 77; DEJT/TRT3/Cad. Jud. 29/02/2016, n. 1.927, p. 108; DEJT/TRT3/Cad. Jud. 01/03/2016, n. 1.928, p. 77.
Legislação correlata: CF/1988, arts. 5º, "caput", 7º, XXXII, e 37, II e § 2º
CLT/1943, arts. 2º, 3º e 9º
CCB/2002, arts. 186, 187, 927 e 942
Lei 6.019/1974, art. 12 "a"
Lei 8.666/1993, art. 71, §1º
Lei 4.595/1964, art. 17
Lei 9.472/1997, art. 94, II
Resolução BACEN 3.954/2011, art. 8º


Aparece na(s) coleção(ões):