Da greve ao boicote: os vários significados e as novas possibilidades das lutas operárias


Título: Da greve ao boicote: os vários significados e as novas possibilidades das lutas operárias
Autor: Viana, Márcio Túlio
Editora: Tribunal Regional do Trabalho 3ª Região
Resumo: A greve consegue ser muitas coisas de uma vez só: é momento de liberdade, de pausa, de rebelião e de sonho; tem traços de homem e de mulher; arroubos de jovem e racionalidade de adulto. Exatamente por isso, as leis estão sempre tentando capturá-la, e ela sempre buscando fugir. Historicamente, a greve foi e tem sido a grande arma do sindicato não só para criar direitos, como para torná-los mais eficazes; e não apenas para fins trabalhistas, mas para a promoção das classes oprimidas em geral. Hoje, porém, a greve e o sindicato estão em crise - que se reflete, por extensão, no próprio Direito do Trabalho. Como meio de superar essa crise, o autor trata de um novo conceito de greve e - para além da própria greve - da prática do boicote, que se articula com os valores e as tendências desses tempos pós-modernos . Mas todas essas alternativas de luta são desafiadoras e complexas: implicam a participação de novos atores e poderão afetar a própria estrutura da organização sindical. Besides, claims a new vision upon the law , considering the Brazilian Constitution.
Fonte: Revista do Tribunal Regional do Trabalho 3ª Região, Belo Horizonte, v. 49, n. 79, p. 101-121, jan./jun. 2009.
Assunto: Greve, história
Direito de greve
Greve, natureza jurídica, Brasil
Sindicato, Brasil
Locaute, Brasil
Idioma: por
Referência: VIANA, Márcio Túlio. Da greve ao boicote: os vários significados e as novas possibilidades das lutas operárias. Revista do Tribunal Regional do Trabalho 3ª Região, Belo Horizonte, v. 49, n. 79, p. 101-121, jan./jun. 2009.
URI: http://hdl.handle.net/11103/1064
Data de publicação: 2009


Arquivos neste item:

Aparece na(s) coleção(ões):